educação • referências

“Rap, o canto da Ceilândia”, de Adirley Queirós

“Criar suas famílias, criar seus filhos, apesar de todas as dificuldades. Que lutou honestamente aí, para ter o seu barraco, para ter o seu pedaço de chão. Eu acho que esse lado aí também deveria ser mostrado. Eu costumo dizer que toda letra que a gente escreve tem uma história e toda história dá uma letra”.

Em “Rap, o canto da Ceilândia”, Adirley Queirós mostra como o rap retrata a vida de uma cidade, ao mesmo tempo em que é alvo de preconceitos. Assista o filme.

Compartilhe: